ARQUIVO POR ASSUNTO

Mostrar mais

ARQUIVO POR DATA

Mostrar mais

Drogras embaladas próximo a escola em Itu.


O eletricista da cidade de Sorocaba, Diego, jamais pensaria que entraria para o mundo do crime por ajudar um amigo. É certo que sequer foi preso, mas não fica bem para um trabalhador entrar algemado em uma viatura da Guarda Municipal de Itu.

A babá sorocabana Evelin acordou com aqueles guardas em seu quarto mandando que ela vestisse uma roupa, enquanto perguntavam sobre a droga que estava em um prato embaixo de seu armário. Ela não fazia a menor ideia do que eles estavam falando.

Evelin e seu irmão Everton moram com os pais, na Rua Miguel Arcanjo Dutra no Parque Industrial e são conhecidos de Diego desde que eram crianças, e todos eles só conheceram há pouco mais de um mês, aquele novo amigo e parceiro: Alex.

Naquele dia, Diego e um garoto foram até a casa de Everton e Evelin pegar o controle remoto do vídeo game, lá chegando, Alex pediu para que Diego fosse trocar para ele um cheque no banco, era ali pertinho. Tudo bem, Diego foi e o garoto ficou esperando na casa.

O cheque era furtado. A guarda civil municipal apareceu e o conduziu até a casa, afinal o cheque era de Alex, alguma coisa devia estar errada. Estava. O GCM Walter e o GCM Surian perceberam isso logo que chegaram no portão da casa.

Evelin conta que acordou muito surpresa com a presença dos guardas, pois achava que o irmão era apenas usuário de maconha, e acompanhou-os na revista da casa, confirmando na Justiça que viu quando acharam parte da droga no telhado da casa.

Everson conta que temia ser morto, pois já estava devendo dinheiro a Alex, então aproveitou que os pais haviam saído e aceitou a proposta do traficante de usar a sua casa por uma hora para embalar o produto, como contou depois para sua irmã, em troca receberia as duas porções de maconha. Sua irmã, Diego e o outro garoto de nada sabiam.

Uma escolha ruim talvez tenha sido a casa de Everson, ela fica a 80 metros de duas escolas municipais: EMEI Walter Seyssel “Pimentinha” e a EMEI Profª. Inalda L. L. de Souza Lima. Tráfico de drogas é um dos crimes de maior gravidade em nossa sociedade e sua pena pode ser ainda mais severa com a proximidade das escolas.

A pedido da família, Dr. Nilton Sérgio dos Santos, acompanha o caso e esclarece que na realidade a acusação não tem “... qualquer respaldo fático, razão do simplismo da peça vestibular, que sequer individualizou a conduta de cada um dos acusados, (...) razão de nosso veemente rechaço. (...) O que houve realmente foi uma mera casualidade, tendo Everson aquiescido tão somente ao pedido de Alex para que cedesse o espaço para que ajeitasse um material, (...) aceitou na espera de receber alguma porção para seu consumo, tendo este aquiescido tão somente dado aos apelos do vício maldito”

Dr. Nilton explica assim que Alex pode ser e é traficante, como ele mesmo declarou na polícia, mas Everson apenas foi fraco em enfrentar seu vício, mas caberá agora ao juiz de direito decidir o futuro de Everson e de seu novo amigo e parceiro: Alex.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estatuto do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Cartilha do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Dicionário - Regimento Disciplinar PCC

Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC 1533?

Como se faz para entrar como membro do PCC.