ARQUIVO POR ASSUNTO

Mostrar mais

ARQUIVO POR DATA

Mostrar mais

A prisão do irmão Preto será o elo perdido PCC CV?


A prisão do irmão Preto preso no Rio de Janeiro está sendo assunto em algumas rodas na cidade de Itu no interior paulista, mas será que estão falando do mesmo cara? Não terá sido um homônimo que foi encarcerado no Rio? E se não for, o que isso pode significar?

Há tempos a imprensa vem dando notícias da migração de criminosos cariocas ligados às facções que tiveram suas bases desestruturadas pela pacificação dos complexos de favelas, o interior do estado de São Paulo e a periferia de sua capital seriam dois destinos preferenciais...

A cidade de Itu no interior paulista não desmentiu esta teoria, nem a provou, no entanto um novo dado poderá ser um desses possíveis elos ocultos entre o CV - Comando Vermelho e o PCC 1533 – Primeiro Comando da Capital.

Após a ocupação dos morros cariocas, alguns casos indicariam a presença migratória em Itu. Tênues, é fato. Até agora nenhum dado conseguiu ligar Itu ao crime organizado carioca, apenas existem indícios, e no caso de organizações criminosas ou secretas, nenhum indício pode ser desprezado.

Sempre na Região Sul ( Jardim Aeroporto / São Judas )...

O primeiro caso teria sido de quatro homens que oriundos do Rio teriam tentado sem sucesso dominar biqueiras pela região, intitulando-se da facção carioca AA – Amigo dos Amigos. Não se sabe ao certo o destino dos mesmos, conta-se que após o fracasso no tráfico teriam optado por se dedicar ao assalto com armas pesadas na região, e parece que um deles teria morrido em uma destes assaltos.

Outro caso seria que um membro do Comando Vermelho que estaria na região fazendo a integração entre as facções, mas o que se sabe ao certo é que a garotada da região de fato passou a curtir mais as músicas e a cultura do CV, no entanto isso pode apenas ser fruto da difusão da cultura das favelas pela Net, ou de fato ser fruto da tal integração.

Até agora nenhum dado comprovado ligava as lideranças da cidade a qualquer organização de outros estados. Até agora.

A possível prisão do traficante irmão Preto, um dos principais líderes do PCC local e provavelmente o mais violento, na cidade carioca de Itaperuna talvez venha a ser esta ligação.

O PCC não é uma organização com uma rígida estrutura organizacional, ao contrário, seu sucesso está justamente na flexibilidade e informalidade de sua malha. Desta forma não se pode esperar que exista o envio formal de um representante das organizações para um intercâmbio oficial para troca de experiências e abertura de negócios. O que de fato existe é a circulação e o contato entre pessoas e lideranças e negócios e acordos reais sendo fechados. E funciona.

Não existe ponto de drogas na cidade de Itu que não esteja ligado direta ou indiretamente ao PCC, está é, portanto, uma organização de sucesso. Nenhuma outra empresa conseguiu em nenhum outro ramo de comércio ou serviço na contemporaneidade o monopólio, e esta facção, apesar de ilegal conseguiu. Imaginemos um quadro onde poder já conquistado através dos negócios gerenciados pela facção paulista seja adicionado os arranjos políticos e sociais desenvolvidos pela facção carioca.

Agora vem a notícia da prisão por tráfico de entorpecentes no Rio de Janeiro do irmão Preto. Este homem já foi preso por diversas vezes em Itu, e depois de ter sido libertado do sistema carcerário, optou por não ficar no Jardim Vitória, onde seria alvo fácil para policiais que poderiam querer vingar o espancamento de um colega numa de suas biqueiras.

Mas o que estaria fazendo o famoso criminoso ituano em terras itaperunenses?

Talvez tenha ido visitar sua famosa estátua do Cristo Redentor com vinte metros de altura, sem ter que temer se assaltado na subida da encosta; talvez tenha sido a situação geográfica do município que além de ser fora do estado de São Paulo e longe da polícia paulista, fica na fronteira entre três estados: Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais; ou talvez seja a primeira ligação do crime organizado do Rio com o de São Paulo; ou finalmente algum parente ou amigo que o levou para aquelas bandas.

Como disse, até agora nenhum dado conseguiu ligar Itu ao crime organizado carioca, apenas existem indícios, e no caso de organizações criminosas ou secretas, nenhum indício pode ser desprezado. Por outro lado, quem sabe nem é o mesmo irmão Preto que por lá foi preso, afinal estão falando por aí, mas... até papagaio fala não é mesmo? Eu particularmente acredito ser outro o cara, mas não deixaria também de falar... assim como os demais papagaios.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estatuto do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Cartilha do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Dicionário - Regimento Disciplinar PCC

Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC 1533?

Como se faz para entrar como membro do PCC.