Postagens

Mostrando postagens de 2014

ARQUIVO POR ASSUNTO

Mostrar mais

Resultado das Eleições 2014 para Deputado Federal em Itu.

Imagem
Metade dos votos nominais (49,665%) depositados nas urnas da cidade de Itu, 59ª Zona Eleitoral, foram divididos entre seis candidatos:

Herculano Passos
— 11.295 votos —
16% dos votos válidos

Celso Russomanno
— 6.899 votos válidos —
10% dos votos válidos

Missionário José Olímpio
— 6.540 votos —
9% dos votos válidos

Tiririca
— 3.008 votos —
4% dos votos válidos

Jorge Tadeu
— 2.468 votos —
3% dos votos válidos

Vitor Lippi
— 1.768 votos —
2% dos votos válidos

A mulher como foco, ou melhor, a sociedade como foco.

Publiquei nesse blog mais de quinhentos textos, todos foram de minha autoria, no entanto hoje José Eduardo Bruno me enviou via Facebook um texto que realmente tinha que ser republicado na íntegra, se uma linha fosse alterada seria um crime contra a autora e sua obra...

Escola Naval — 1º grupo feminino de aspirantes da Ilha de Villegagnon RJ.
`Uma Foto e Vários Sentimentos´
De todas as transformações que o nosso país enfrenta, não tenho dúvida que a pior delas é inversão de valores.

Não estou falando dos atores, mas da plateia.

Quem determina o sucesso de um espetáculo é o público. Por melhor que sejam os atores e o enredo, se o público não aplaudir, a turnê acaba.

Nós somos a sociedade, nós somos a plateia, nós dizemos qual o espetáculo deve acabar e qual precisa continuar.

Se nós estamos aplaudindo coisas erradas, se damos ibope a pessoas erradas, de que estamos reclamando afinal?

Somos nós que continuamos consumindo notícias de bandidos presos e condenados.

Somos nós que consumimos no…

O jovem clérigo e as esperanças do velho padre republicano.

Imagem
Padre João Batista de Oliveira Salgado não sabia que morreria menos de um ano depois daquele dia festivo do mesmo mal que levou quatro anos antes o Padre Miguel Corrêa Pacheco, na Epidemia de Febre Amarela, mas talvez tenha sido melhor assim.

Era o dia da padroeira da cidade, 2 de Fevereiro do ano de 1897, e ele permitiu que o campineiro Padre Elisiário de Camargo Barros dirigisse a missa solene na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária de Itu, terra onde vivia a família de Pe. Elisiário.

O brilho nos olhos de Pe. João Batista tinha sua razão de ser, pois aquele novo sacerdote prometia muito, e ele sonhava com o dia em que o teria como ajudante até sua aposentadoria. Padre João Batista era incansável na labuta diária, mas sabia que jamais teria coragem para propor mudanças e enfrentar novos desafios e projetos, não era sua cara, não tinha jeito para propor mudanças, mas aquele jovem...

A orquestra comandada pelo Maestro Tristão Mariano e a organista Maria Augusta conseguiam mex…

A revolta do Promotor de Justiça e o nosso futuro incerto.

Imagem
Indignação não seria a palavra apropriada, talvez um misto de fúria e irritação descrevesse melhor o sentimento externado durante a audiência do Tribunal do Júri de Itu em 22 de Maio de 2014 pelo Promotor de Justiça Dr. Luiz Carlos Ormeleze. Indignação não é também a palavra apropriada para definir o que eu sinto quando penso no que aconteceu, estando mais para um misto de medo e revolta.

Sejam lá quais forem nossos sentimentos o que não podemos é ficarmos indiferentes ao que aconteceu e ao que pode vir acontecer se tivermos como regra seguir por essa trilha. A vida e a segurança de cada um de nós dependerão do desenrolar desse caso.

O réu que supostamente ligado ao PCC e mentor e executor da onda de assaltos às chácaras que ocorriam em nossa cidade até 2004, além de já ter sido condenado em um duplo homicídio e suspeito de praticar um terceiro de um colega da facção criminosa Primeiro Comando da Capital, quase volta ao convívio de nossa sociedade.

Esse sujeito foi condenado pelo Tri…

Nefilim — o Jornal A Federação de Itu sabia?

Imagem
Todas essas críticas que têm me chegado foram previstas quando publiquei a série de textos a respeito do nefilim 1 em Itu, sua relação com a caça feita pela Igreja Católica, e o vendaval de 1991. Sendo assim, aceito responder aos questionamentos, no entanto não esperem que eu saia na defesa de uma posição ou de outra.

Cada um é senhor de suas crenças, se bem que vivemos um tempo onde todos defendem a pluralidade e a liberdade de expressão… desde quê se diga algo com que concordem. Hipocrisia.

Sei que a senhora de Itu e o religioso católico de Jundiaí acreditam nas informações e conclusões que me deram, além de fornecer indícios de sua veracidade, no entanto teríamos nós capacidade de admitir que as coisas não são como as vemos?

Nunca me passou pela cabeça a ideia de criticar as leis naturais ou morais, mas certos fatos se impuseram a mim, e não fui contra eles:

Essas pessoas acreditam que o pior tornado do Brasil teve causa sobrenatural com a finalidade de arrebatar e eliminar o últi…

Centro para uso coletivo de drogas em Itu.

Imagem
Vivemos ou não em um país livre, onde a busca da felicidade é um direito do cidadão. A cabreuvana Aparecida de Fátima não se conforma ainda com a invasão de sua casa...
Início de uma quente noite de domingo, 18 de janeiro de 2009, Aparecida de Fátima estava deitada em seu quarto, juntamente com uma menina de doze anos e uma outra mulher. Como boa parte dos brasileiros costumava assistir tv naquele horário. Mas os policiais entraram com violência, não querendo de nada saber.

O advogado, Dr. Benedito Antônio Barcelli, ressaltará mais tarde que Aparecida de Fátima nunca teve passagens pela polícia e vivia da pensão deixada pelo marido falecido, reforçado pelos ganhos com as roupas lavadas para fora. A justiça ouviu as explicações, algo que a polícia não o fez.

A casa daquela senhora era uma das mais frequentadas da rua onde morava. Muito querida por todos, ela estaria doente naquela noite e Adão, que a conhece há doze anos foi visitá-la. Ao entrar na garagem da casa e lá se sentar foi su…

Mensagem da GCM Izilda que completa seis anos na GCMI.

Imagem
Hoje dia 06/05/2014, fazem exatamente 22 anos que eu optei por minha carreira GUARDA CIVIL MUNICIPAL, quando entrei tinha apenas 21 aninhos, passei metade da minha vida aqui, e AMO MINHA FARDA E AMO O QUE EU FAÇO, apesar de todos os obstáculos que passamos, uns por sermos "GUARDAS" outros por sermos ""GUARDAS FEMININAS""...sim por que se a profissão em si é laboriosa e criticada, pelo simples fato de sermos mulheres nós sofremos isso em dobro...e isso nós da "TURMA DE 92" sabemos muito bem, dentre muitas ocasiões uma que nunca me sai da cabeça foi quando desfilamos no Estádio Municipal...lembram-se meninas????? Porem superamos, e superaremos sempre todos os obstáculos "COM A GRAÇA DE DEUS", que sempre estará conosco...PARABÉNS MENINAS...A TODAS, AS QUE ESTÃO NA ATIVA E AS QUE POR MOTIVOS DIVERSOS JÁ SE FORAM...

Podemos adiar a chegada do Apocalipse?

Imagem
Basicamente nessa terceira entrevista o religioso católico de Jundiaí me descreveu a primeira vez na história em que foram eliminados milhares de nefilins 1 e como e por que a caça é feita pela Igreja Católica até os dias atuais.

Deste ponto em diante passo a um resumo do que ele me disse:

Não cabe a nós julgarmos se um ser merece ou não viver, isso é uma decisão que cabe apenas a Deus, no entanto a Igreja há muito optou pela sobrevivência do homem sobre a terra, e nós apenas somos seu instrumento.

Não há portanto contradição em nossa ação. Hoje um nefilim passa por um ser humano como qualquer outro, um ser inferior ao que de fato ele é, mas que no futuro, claro que num futuro quase inimaginavelmente distante, destruiria a todos simplesmente por existir, como já aconteceu no passado.

A Bíblia de Jerusalém publicada pela Sociedade Bíblica Católica Paulus confirma que “... o pecado cometido por aqueles … anjos, que, … , mantiveram um relacionamento proibido com as mulheres ... poderia …

Sexo entre anjos e mulheres, é possível?

Imagem
Quando o religioso católico avalizou a informação da senhora ituana1 que atribuiu o vendaval de 19912 ocorrido na cidade de Itu como sendo um fenômeno sobrenatural causado pela eliminação de um nefilim 3, levantei dúvidas sobre detalhes que não se encaixavam nessa história.

Quem me acompanha nesse blog sabe que não faço juízo de valor em questões de fé e cultura, no entanto vários pontos da história careciam de esclarecimentos. E o religioso passou semanas me tirando dúvidas e me mostrando novos fatos.

Parece um absurdo que há poucos anos a Igreja Católica tenha montado uma operação para localizar e neutralizar 4 pessoas por acreditar que seriam filhos de um anjo caído 5 e 6 e possuidoras de poderes sobrenaturais, mas já citei nesse blog fatos que indicam que essa caça existiu.

Venho de um berço católico e sei que um anjo por ser um ente espiritual não pode gerar filho, mesmo por que eles são seres assexuados, então meu primeiro questionamento foi:

“Se Azazel 7 e 8 era um anjo, então …

Dom Amaury Castanho, o Jornal A Federação, e o nefilim.

Imagem
Estive por duas semanas entrevistando o religioso católico que se dispôs a falar sobre o grupo que teria atuado em Itu e em outras quatro cidades visando a eliminar os nefilins 1.

Cinco novos prelados foram nomeados 2, entre eles Dom Amaury Castanho, que foi mandado como Bispo Coadjutor da Diocese de Jundiaí em Abril de 1989, um ano e meio antes do temporal de Itu de Setembro de 1991 3.

Dom Amaury fora Bispo Auxiliar de Sorocaba  e conhecia como poucos o restrito ambiente sociopolítico e militar da cidade vizinha de Itu, onde viveria um dos cinco descendentes 4 do eliouds 5Azazel 6 no Brasil.

Tendo profundo conhecimento teórico e prático das doutrinas cristãs e grande facilidade de comunicação pois pertenceu a Pastoral dos Meios de Comunicação da Arquidiocese de São Paulo além ser de colaborador do Jornal O Estado de S. Paulo, Dom Amaury teria como missão organizar o grupo que conteria ou eliminaria o nefilim que estaria em Itu, assim como conhecer e neutralizar as notícias sobre o a…

A Igreja Católica atuou na erradicação dos nefilins no Brasil.

Imagem
Ao parar meu fusca em frente ao Santuário da Fonte da Graça no Jardim Guarani em Jundiaí, um senhor aparentando seus cinquenta anos atravessou a rua vindo do ponto de ônibus, e se achegou dizendo ser a pessoa que eu havia procurado na Diocese.

Pensem os senhores em uma pessoa que inspire confiança. Esse era o cara.
Alegando estar atrasado pediu para que eu lhe desse uma carona ao Centro. Durante o trajeto expliquei como havia chegado até ele e então ele desvendou todo mistério e ligou os fatos que envolviam o caso do vigilante desaparecido e o grupo que a senhora de Itu.

Com a autorização dele trago a conhecimento dos senhores o que ele me disse aquele dia:

Criado informalmente pelo então Cardeal Ratzinger, e posteriormente reafirmando quando assumiu como Papa Bento XVI, o grupo atuou de forma marcante durante o papado de São João Paulo II. Formado por religiosos e leigos que tinham a missão localizar e neutralizar os descendentes 1 do elioudAzazel 2, 3, e 4. Após os eventos de 19915

O homem desaparecido e a Mitra Diocesana de Jundiaí.

Imagem
A visita à Cúria de Jundiaí foi muito mais estranha eu imaginei que seria quando segui o conselho daquela senhora e fui até lá para tentar esclarecer o desaparecimento do vigia do Condomínio Terras de São José de Itu.

Já de início o local me surpreendeu, pois imaginava encontrar uma igreja ou prédio centenário, mas era um edifício asséptico mais parecendo uma escola.

Na recepção que mais parecia ser de uma clínica particular, pedi para falar com a determinada pessoa pois eu estava escrevendo uma matéria sobre o vendaval de 1991.

Aguardei por muito tempo até que um funcionário tão asséptico quanto o prédio me conduziu a uma sala do lado direito de um corredor que saía a direita daquele saguão, onde fui acomodado em uma mesa de leitura sem nenhuma palavra e convidado a aguardar.

Acreditei que a pessoa a qual havia solicitado para conversar viria falar comigo, se bem que eu preferia sumir dali antes de vê-lo, pois aquele local mais parecia uma sala de interrogatório de delegacia de po…

O tornado de Itu foi um fenômeno sobrenatural?

Imagem
Minha busca pelo dinheiro que veio para a cidade por ocasião do vendaval de 30 de Setembro de 1991 me levou a entrevistar algumas pessoas que vivenciaram aquele sinistro, mas a conversa que tive com uma moradora de uma chácara, mudou meu foco e me mostrou um mundo diferente de tudo o que eu conhecia e acreditava.

Eu simplesmente esperava que a senhora me respondesse se havia ou não recebido a grana da indenização, mas não foi isso que aconteceu, ela me disse que eu não havia entendido o que de fato havia ocorrido naquele dia, e que eu nada poderia fazer a respeito, pois tudo já havia sido há muito previsto.

Acreditei que estivesse falando a respeito do desvio das verbas, mas não era isso, segundo ela algo muito maior e mais importante havia acontecido ali e que eu, assim como a maioria das pessoas fomos levados a não ver apesar de ter sido algo tão evidente, e tudo se ligaria ao desaparecimento do vigilante do Condomínio Terras de São José que teria sido arrebatado pelo vendaval.

A…