ARQUIVO POR ASSUNTO

Mostrar mais

ARQUIVO POR DATA

Mostrar mais

O PCC está mantendo no controle.


O Primeiro Comando da Capital está intensificando sua presença no estado do Piauí onde diversas facções atuam, sendo que o Bonde dos 40 é aliado fiel, além desse ainda atuam por lá o Primeiro Comando de Esperantina, o Primeiro Comando de Campo Maior, e a Facção Criminosa de Teresina. Apesar de tensa a situação dentro do Sistema, o que está chamando a atenção para a região essa semana são as ameaças divulgadas por um agente penitenciário que foi feito refém durante uma rebelião comandada pelo PCC:

“Fui feito refém e o Primeiro Comando da Capital disse que só não ia me matar um a um caso o Estado atendesse às reivindicações que eles pleiteavam. Eles queriam ser transferidos para seus estados de origem. Depois dessa rebelião eles conseguiram o que queriam, que foi a volta para seus estados.”

O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão afirmou que o atual ministro Alexandre de Moraes deverá manter uma política de acordos com o PCC dentro de sua linha de “conchavos com setores que são de alto risco para a sociedade, como a facção criminosa Primeiro Comando da Capital."

O presidente da república Michel Temer reconheceu que o Primeiro Comando é uma organização que organização que tem regras jurídicas próprias e eficazes: “Veja que eles têm até preceitos próprios e, para nossa surpresa, até quando fazem aquela pavorosa matança, o fazem baseado em códigos próprios.”

Uma prova dessa organização é o fato de não terem tido mortos entre os integrantes do Comando Vermelho CV e da Família do Norte FDN dentro dos presídios paulistas. A represália só poderia ocorrer depois da liberação passada pelo “salveiro” o que ainda não ocorreu. As duas únicas mortes ocorridas dentro do sistema paulista foram na Penitenciária de Regime Fechado de Tupi Paulista que é considerado neutro, e os mortos não pertenciam a facção e teriam rixa pessoal com seus assassinos.

Enquanto a ordem se mantém no sistema em São Paulo o governo do Amazonas confirmou que perdeu mais 41 presos, provavelmente os foragidos teriam ligação com a facção Família do Norte FDN.

O Rio de Janeiro está com 50.000 presos dividindo as 27.500 vagas do sistema, agora começa a dividir mais claramente os presos por facção. Segundo declarou um agente prisional, o CV são os mais complicados de se trabalhar: “Eles vão para o combate. As outras facções, ADA, Terceiro Comando Puro, vêm de outra origem, nunca tiveram uma política de enfrentamento com a polícia. … Os cabeças não dão trabalho, cumprem tudo direito. Eles jogam os presos na hierarquia mais baixa para te provocar, agredir, testar, ver até onde você vai.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estatuto do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Cartilha do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Dicionário - Regimento Disciplinar PCC

Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC 1533?

Como se faz para entrar como membro do PCC.