PCC sofre deserções, assassinatos, e isolamento.


Vídeo divulgado por um canal ligado ao Comando Vermelho divulgam vídeo de quatro batizados na facção Primeiro Comando da Capital desertando:

O narrador que está filmando diz:
“Os irmãos do 15 aqui que vão rasgar a camisa, entendeu? Por que os irmãos vão pelo certo. Esse aqui é o irmão.”

O primeiro deles começa a falar mas alguém fala junto no início dificultando entender, de vez em quando não é possível entender pois o mesmo nóia não cala a boca, mas o que deu para pegar foi:
“... eu sou pelo certo, sou pelo correto, e não vou pagar pelos erros dos outros não, (...) com a vivência aqui eu vou espirrar ,,,"

O segundo diz:
“... para todos 1533, estou rasgando a camisa minha camisa porque não concordo com o errado, certo?"

O terceiro diz algo assim:
“Sou o irmão Milene da família 15 estou aqui tirando minha camisa porque eu apoio o justo e o correto. E tão fazendo todo tipo de injustiça e não estamos tendo nenhum tipo de resposta. Esperei aí vários dias por uma resposta, e eu já não tenho mais forças (para com o barulho de uma rajada de tiros). Já não temos mais força aqui, para segurar o tom da situação, e estou aqui rasgando a camisa.”

O quarto homem que ficou um bom tempo falando ao celular:
“E aí meu irmão, aqui é o irmãozinho Branquinho 1533 e eu tô rasgando a camisa pois não tô vendo a satisfação do crime, como é o PCC de verdade como a gente conhece, entendeu? Essa atitude foi tomada aí várias vezes, a gente tentou aí acreditando num cara aí, que o cara tava mentindo para todos nós aí, entendeu? Decepcionou muito a mim e o que eu vejo pelo crime não é dessa forma não, entendeu. Então estou rasgando minha camisa aí com relação a isso aí, entendeu?”

No mesmo dia em que foi divulgado esse vídeo a polícia de Capitan Bado, uma cidade paraguaia que faz fronteira com brasileira Coronel Sapucaia encontrou em uma plantação de soja o corpos de dois brasileiros ligados ao Primeiro Comando: Raul Torales Portilho Amaral e Jofer Jefersos Dales.

No estado de São Paulo dezenas de presos já foram transferidos para evitar que a guerra entre facções chegue ao sistema paulista, a SAP estava há mais de três meses cadastrando os presos por ganges para poder isolar os grupos, outros estados. Os principais ponto de atrito deverão ser nos estados do Amazonas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, e Santa Catarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu relato, ele é muito importante para que eu possa corrigir erros e rumos, e saber a sua opinião.

Só serão mantido os comentários argumentativos ou com conteúdo considerado relevante, seja apoiando ou refutando fatos ou ideias do texto.

Se considerar importante alterarei o texto original citando o crédito para o comentarista.

última publicação:

A imprensa e o Primer Comando de la Capital

Bordoada seca em mim, que não deveria merecer Ninguém sente mais pena que eu sinto de você, que padece lendo este artigo. Ninguém sofre ...