Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

ARQUIVO POR ASSUNTO

Mostrar mais

Dicionário - Regimento Disciplinar PCC

Imagem
Esse dicionário é uma ferramenta de extrema importância na condução e na preparação de novos líderes. Deve-se analisar com muita prudência um item antes de aplicar, pois o intuito é facilitar as condições e nas aplicações dos itens, conforme análise da Sintonia.

1. Ato de Talarico:
Quando o envolvido tenta induzir a companheira de outro e não é correspondido, usa de meios como, mensagens, ligações, ou gestos.
Punição: exclusão sem retorno, fica a cobrança a critério do prejudicado e é analisado pela Sintonia.

2. Ato de Esperteza:
Quando usa de má fé ou abusa da confiança depositada, se parece com ratinagem, muda que o prejudicado confia e acaba sendo lesado.
Punição: exclusão sem retorno, cobrança a ser analisada.

3. Ato de malandrismo:
É caracterizado quando usa de pressão psicológica, força física para subtrair algo de alguém, ou quando usa de força ou poder para agredir fisicamente ou verbalmente.
Punição: exclusão e cobrança dentro da Disciplina do Comando, analisada pela Sintoni…

Estatuto do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Imagem
VEJA TAMBÉM O ESTATUTO PCC 1997 CLICANDO NESSE LINK

Revisto e atualizado em 2017.
A Sintonia Final comunica a todos os irmãos que foram feitas algumas mudanças necessárias em nosso Estatuto.

O PCC foi fundado em 1993. Comemoramos esta data no dia 31 de agosto de todos os anos, mas 24 anos se passaram e enfrentamos várias guerras, falsos criminosos foram desmascarados, sofremos duros golpes, fomos traídos inúmeras vezes, perdemos vários irmãos, mas graças a nossa união conseguimos superar todos os obstáculos e continuamos crescendo.

Nós revolucionamos o crime impondo respeito através da nossa união e força que o certo prevalece acima de tudo com a nossa justiça, nós formamos a lei do crime e que todos nós respeitamos e acatamos por confiar na nossa justiça.

Nossa responsabilidade se torna cada vez maior porque somos exemplos a ser seguido.

Os tempos mudaram e se fez necessário adequar o Estatuto à realidade em que vivemos hoje, mas não mudaremos de forma alguma nossos princípios básico…

Geral da cidade aconselhando um companheiro.

Imagem
Há muitos anos atrás, o gerente de uma biqueira em frente ao Oliver Lanches próximo a Anzu Club foi chamado para conversar com geral do Primeiro Comando da Capital -  PCC 1533 em Itu.

Conversa vai, conversa vem, e o geral que hoje nem mais irmão é pergunta ao rapaz se ele ainda estava usando drogas e lhe dá alguns conselhos:

Gerente: Só que, eu parei.

Geral: Então, tem que parar meu, vai ganhar dinheiro! Se um tênis está apertando seu pé, tira o tênis! Se a tose tá te prejudicando, toma um xarope! Lógico, procurar melhorar né, meu! Pô, você é um cara bom, e vai deixar a droga.

Gerente: Tendeu.

Geral: Ela vai acabar com você. Então, acaba com ela enquanto você tá dominando ela, pela ordem, depois que ela começou a dominar você, ah!, opa!, péra aí!... É igual quando eu bebia, o que acontecia? Enquanto eu tava bom eu subia a escada sozinho, eu tava perfeito, depois que nêgo carregou eu prá subir a escada, eu falei: “Não bebo mais! Tá loco meu, tô dando trabalho prá outro. Prá mim não. Bel…

Cartilha do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

Imagem
PROCEDIMENTO PARA A LEITURA NOS GRUPOS.

Inicialmente o “sintonia” que for transmitir para os “irmãos” e “companheiros” deve com respeito lembrar a todos que só com a conscientização é possível alcançar a PAZ, mesmo que dentro das muralhas, dos difíceis ambientes e situações que os soldados da facção e suas famílias estejam.

Antes de começar a leitura deve lembrar que as famílias daqueles que estão privados de liberdade devem ser apresentados a Cartilha, para que tenham consciência e apoiem a luta, que a vida no recluso é penosa, e para superar esse momento os familiares devem estar ao lado com consciência, só assim os presos poderão

O “sintonia” deve lembrar que cada um deve ler, analisar, e discutir a Cartilha, para que haja uma constante evolução do entendimento e a disseminação aconteça dentro e fora de cada unidade prisional em todos os estados brasileiros e nos países onde a facção esteja presente.


CARTILHA DE CONSCIENTIZAÇÃO, UNIÃO, E FAMÍLIA. Para uma Geração Consciente

O que bus…

Guidebook of First Command of the Capital PCC.

Imagem
The Guidebook of the First Command of the Capital is mandatory for all those who have an interest in the faction, regardless of the level in which it is within the group or if it is outside the system if it belongs to the blood family of those who are inside the walls.

He runs the system through Whatsapp, messages, and is read in courtyards, cells, and meetings as a motivational program for group unity and to demonstrate that the First Command is the legitimate representative of resistance to an oppressive system that prevents insertion of the poorest.

The guidebook explains in detail how the organization works, and how its members should think and act. The Statute and the hornbook are two separate documents. The first is the Code of Right of the PCC, the second is the anti- discourse against an oppressive system and aims to explain and legitimize for its members and for society both the existence of the organization and its acts.

This document was studied by some professionals…

Manifesto del Primer Comando de la Capital PCC.

Imagem
La imprimación del Primer Comando de capital es el conocimiento obligatorio para todos los interesados ​​en la facción, independientemente del nivel que se encuentra dentro del grupo o, si fuera del sistema perteneciente a la sangre de los que están dentro de las paredes de la familia.

Corre el sistema a través de WhatsApp, mensajería, y se lee en los patios, las células y reuniones, como un programa de motivación para la unidad del grupo y para demostrar que el Primer Comando es el representante legítimo de la resistencia a un sistema opresivo que impide la inserción los más pobres.

El folleto explica en detalle cómo funciona la organización, y la forma de pensar y actuar de sus miembros. El Estatuto y el folleto son dos documentos distintos. El primero es el PCC del Código, ya que la segunda es contra el discurso de lucha para un sistema opresivo y tiene como objetivo explicar y justificar a sus miembros ya la sociedad tanto la existencia de la organización y sus acciones.

Es…

A missão do PCC Mariano Luiz Tardelli começou.

Imagem
Mariano Luiz Tardelli era um líder do PCC e da comunidade de El Naranjo em Santana de Chiquitos na Bolívia, e foi esse homem que foi preso, mas o que isso de fato significará para o futuro do Primeiro Comando da Capital e do Sistema Penitenciário boliviano?

Ao chegar em El Naranjo não tentou ser didático ou pedagógico na doutrinação da comunidade, apenas estava lá, ouvia o que diziam e ajudava no que era preciso, sem querer impor nada, sem tomar uma posição de ruptura da cultura local que pudesse ser classificada como invasão ideológica ou revolucionária.

Mariano não ficou se questionando se aquelas pessoas eram boas ou más, se o povo daquela comunidade era fruto da civilização ocidental ou da eram “homens da natureza” com seu pressuposto ideológico do “bom selvagem”. Não, Mariano apenas fez amizades, e ajudou a quem pediu.

Nas veias dos PCCs corre o sangue dos antigos Bandeirantes que utilizando de violência ímpar eliminou os povos das “Sete Missões”. Passados 250 anos o sangue das c…