Pular para o conteúdo principal

Postagens

última publicação:

Escuta telefônica do PCC — um registro histórico

Diálogo entre integrantes do Primeiro Comando da Capital são um registro histórico de como se deu a expansão da facção paulista.  Há exatos quatorze anos, o repórter Fábio Serapião do jornal O Estado de S, Paulo, trouxe a público escutas telefônicas envolvendo presos do Primeiro Comando da Capital. Não é apenas uma reportagem, é um registro de histórico incluído e disponibilizado na Biblioteca Digital do Senado Federal — os diálogos ocorreram em março de 2014. Inimigos do PCC tiveram tempo para fugir, trocar a camisa ou se converter Um dos diálogos ocorre entre Sumô e Taylor e mostra que antes de atacar os inimigos dentro do Presídio de Monte Cristo em Roraima, foi dado um prazo de 40 dias para que os inimigos decidissem deixar o presídio — e 145 aproveitaram para fugir. PCC Sumô (Ozélio de Oliveira) o “geral do estado de Roraima” que estava preso na Casa de Custódia de Piraquara no Paraná, e o PCC Taylor (Diego Mendes de Andrade) que tinha a missão de “pregar a filosofia da fam
Postagens recentes

A polêmica dança do garoto do PCC com o PM SP

O artista plástico Alex Donis afirma em sua página oficial que suas polêmicas obras objetivam gerar debates nacionais, e se essa foi sua intenção, ele teve sucesso na empreitada. O Museu de Arte de São Paulo (MASP) inseriu sua ilustração que apresenta um integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) dançando com um Policial Militar do Estado de São Paulo, no catálogo História da Dança 1 , organizado por curadores da instituição. Além das notas de repúdio e protesto nas redes sociais ligadas aos defensores da “Lei e da Ordem”, a deputada Adriana Borgo (PROS) propôs uma moção de repúdio (191/20) aos organizadores Adriano Pedrosa, Julia Bryan-Wilson e Olivia Ardui Léo Lins. Alex Donis venceu a bancada da bala As notas de protesto e a moção de repúdio coroaram de sucesso a intenção de Alex Donis de escancarar uma questão tabu — a proximidade dos extremos na Segurança Pública. Um policial pode se ver e ser visto como herói, aquele que “protege a sociedade”, assim como um membro d

Um flash sobre a expansão do PCC no Rio de Janeiro

  O Habeas Corpus de Lucas Daniel Dinelly da Silva , o Barone, escolhido para ser o sintonia da tranca do Complexo de Gericinó no Rio de Janeiro lança luz em peculiaridades de como se dá a expansão da organização paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) em parceria com a facção aliada carioca Terceiro Comando Puro (TCP) . HABEAS CORPUS Nº 0064406-30.2020.8.19.0000 Trechos do documento sugerem: a descentralização , pois a princípio “Barone” não responderia ao “sintonia do estado do Rio de Janeiro” ou ao “sintonia geral das trancas do Rio de Janeiro”, apesar de se esperar que  aja de acordo com os princípios gerais desses e dentro de um conjunto de regras e cadeias hierarquias; e a ele é atribuída a maioria das ações que devem ser tomadas dentro de sua área de influência, sendo que ele sequer era oriundo do núcleo central do PCC, o estado de São Paulo, e nem do Rio de Janeiro onde chegou para atuar, morava em Belém do Pará e foi indicado pelo sintonia de Pernambuco! A esse emaranha

A ordenada desordem do Primeiro Comando da Capital

  Steven Dudley , em artigo publicado no site InSight Crime , que analisa e descreve processos criminais, chegou à conclusão que, ao contrário das principais organizações criminosas, o Primeiro Comando da Capital não desenvolveu um sistema organizacional ordenado e estável. Steven está coberto de razão. Na Família 1533 , um garoto que ganha moral no mundo do crime, por vezes sequer sendo irmão batizado , pode ser convidado a um cargo de liderança — só então se batizando para assumir a posição. Esse novo personagem carrega consigo, uma nova e única visão, fruto de suas experiências pessoais e profissionais de dentro e de fora do mundo do crime , assim como uma rede pessoal de contatos. Essa imprevisibilidade causa mudanças constantes na estrutura local, com impacto a longo prazo para o conjunto da organização, e cega as autoridades que se dedicam ao seu entendimento e caça. Uma única espécie de vírus pode possuir milhares de cepas com estruturas muito diferentes entre si, e quando os i

Ideologização da Segurança Pública sustenta o PCC

  A pretensão de Marcos: analisar a facção PCC , “especialmente sua transformação de um grupo defensor dos direitos humanos em um ator não-estatal violento e transnacional” — fala sério? O Primeiro Comando da Capital foi um “grupo defensor dos direitos humanos” ? — o Prof. Marcos Alan Shaikhzadeh Vahdat Ferreira afirma que sim! O Primeiro Comando da Capital “é um ator que representa um desafio para a construção de uma sociedade pacífica em toda a América do Sul ” ? — ele também afirma que sim! Ele não só fez essas duas afirmações, mas muitas outras. Veja com seus próprios olhos: Brazilian criminal organizations as transnational violent non-state actors: a case study of the Primeiro Comando da Capital (PCC) A cultura do PCC e a ética no mundo do crime Marcos, ao contrário de muitos, acerta em suas previsões sobre a futura consolidação da facção no exterior por não ignorar as origens da organização criminosa. O PCC foi gerado no “drama da cadeia e favela” em um “túmulo de sangue, sir

Máfia no Brasil: Famiglia Bolsonaro ou Família 1533?

Os símbolos do PCC, do assaltante e da máfia Vivemos tempos estranhos, em que se discute se a família do presidente da República encabeça uma organização mafiosa. Houve um tempo, em tempos, menos estranho, no qual se discutia se o Primeiro Comando da Capital seria organização criminosa, cartel, gangue ou facção. No entanto, após a prisão de Fabrício Queiroz na chácara de Frederick Wassef, o advogado do Seu Jair , a possibilidade de existir uma organização mafiosa em torno do presidente passou a ser cada vez mais levantada devido aos símbolos que repousavam na lareira. Leve em consideração três casos: com Queiroz havia três bonecos do mafioso Tony Montana; na casa de um traficante havia o símbolo do Yin-Yang; e na perna de um jovem flagrado armado havia a tatuagem de um palhaço. Se você pensar como eu, acreditará que: é um cinéfilo; é um adepto do taoísmo; e é um admirador das artes circenses. Mas se você não pensar como eu, acreditará que: é um mafioso; é ligado ao Primeiro Coma

A FDN e a ascensão e a internacionalização do PCC

Site do 15 recebendo mensagens do Norte Administrar um site tido por muitos como oficial do Primeiro Comando da Capital ( PCC ) tem suas peculiaridades, e uma delas são as correspondências recebidas. Após um tempo na doutrinação dentro do sistema prisional ou vivendo em cidades maiores, o egresso volta para sua quebrada de origem disposto a correr “pelo lado certo do lado errado da vida” e divulgar a “filosofia do 15” . Um quinto das mensagens chegam de cidades pequenas da Região Norte do Brasil. São companheiros ou aliados que foram introduzidos na Família 1533 , mas que agora se vêem abandonados e pedem minha ajuda. Em terras inimigas, essas crias do 15 , sem apoio do Primeiro Comando da Capital , acabam por rasgar a camisa ou terem seus corpos rasgados e seus corações e cabeças arrancados. Santa Rosa, Peru. A cinco minutos de barco de Letícia e Tabatinga, as crianças brincam na água ao lado das casas de palafitas que mantêm suas casas à tona. Um policial patrulha a única