Pular para o conteúdo principal

O destino de Diego o esperava naquele bar em Itu.

O Destino colocou sua fria mão sobre o ombro de Diego. Ele não é o tipo do homem responde que não tem coragem. Um conhecido seu da Cidade Nova chegou até ele e Maicon e intimou-os: “E aí? Vocês tem coragem de entrar na fita?” A resposta dos dois foi imediata. A sombra do Destino não deixou mais a companhia dos dois ituanos: Diego Oliveira Lima Costa e Maicon Santanin Petrolino.

O mecânico Diego estava passando apertado aquele fim de mês e conversava justamente sobre isso com Maicon, quando aquele cara lhes fez a proposta. Se Deus escreve certo por linhas tortas, o Diabo faz sua marca na hora e lugar exatos.

• Talvez em outro momento... tivesse dito não.
• Talvez em outras condições.... tivesse dito não.
• Talvez em outro local.... tivesse dito não.
• Talvez se tivesse em outra companhia... tivesse dito não.
• Mas naquele fim de mês, duro, no bar e ao lado de Maicon.... então ele disse sim.

Drª. Elisa Lopes tenta argumentar perante o juiz de direito Dr. Hélio Villaça Furukawa:Ele é um metalúrgico, primário, estava desarmado, não ameaçou ninguém, e foi um pequeno furto de quantia mínima, como está fartamente demonstrado no transcorrer da instrução processual.”

Dr. Hélio lembra-se bem da cena descrita pela andirense proprietária do Beto’s Lanche:

Tudo aconteceu na quarta-feira, por volta das onze da noite, ela estava ao balcão servindo aos clientes quando entraram dois rapazes aparentando pouco mais de vinte anos e anunciando o assalto. O jovem narigudo estava armado mandou-a colocar o dinheiro no balcão e eu obedeci. Eles recolheram o dinheiro colocando nos bolsos, mais ou menos trezentos reais. Os ladrões desconfiaram de um rapaz que estava esperando o lanche no balcão. Quando mandaram que ele levanta-se a camiseta, o rapaz puxou uma arma e gritou: polícia! O bandido com a arma começou a atirar com seu 38 niquelado e só não acertou a cabeça do policial por que este se jogou no chão. Houve então um tiroteio, mas eu e muitos clientes já estavamos no chão e nada mais vimos.

As câmaras de segurança do estabelecimento mostram passo a passo a malfadada tentativa de assalto da dupla, e de fato, Diego não era o narigudo que estava armado, este era o Maicon.

O Destino às vezes se diverte com aqueles que ele escolhe como companheiros. Apesar de baleados, Diego e Maicon, conseguem escapar. Retornam para a Cidade Nova onde já quase desfalecidos são socorridos pelo GCM Arlindo da Guarda Civil Municipal de Itu. São levados ao PAM da Vila Martins, de lá para a Santa Casa e de lá para longe do convívio da sociedade.

Agora caberá a ele, juiz de direito, determinar o destino da dupla.

(Veja esta mesma matéria focando em Maicon)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como se faz para entrar como membro do PCC.

Eu não concordei com o velho François-Marie Arouet ao dizer que se olharmos com os dois olhos, enxergaremos melhor: com um olho veríamos as coisas boas, com o outro as coisas ruins. Por isso, segundo ele, seria importante evitar fechar um para abrir bem o outro. Meu velho François, leia com seus dois olhos bem abertos como se pode ingressar no Primeiro Comando e me diga: onde está o lado bom? Eu só conseguir ver o lado negro, mesmo sem ser caolho, por isso vou lhe contar o caso do irmão Cara de Bola. Ele, que era torre do PCC e responsável pela distribuição das drogas na cidade de Indaiatuba , explicou com detalhes como se ingressa na facção, pois caiu em uma escuta ao ligar para o irmão Boquinha . Foi assim que ficamos sabendo de tudo: Nepotismo O irmão X tornou-se membro da facção por ser irmão de sangue do Tio , ou irmão M , um general na hierarquia do Primeiro Comando da Capital forte em em Indaiatuba, na época. Essa é uma das formas de ingresso: sendo parente de outros

Como se faz para sair do PCC?

Se tá de sacanagem né, você acha que o Primeiro Comando da Capital é putaria? Entra quando quer, sai a hora que quer, de boa? Não é bem assim não, se virou crente e quer tirar a camisa, ou tem alguma coisa com tua família... Vou falar pra você, essas são as perguntas que mais aparecem por aqui, e eu falo para procurar o sintonia e trocar ideia, é assim que se faz. Mas por que não escrevi sobre isso antes? Por que eu fico na minha, só que agora fui cobrado, alguém leu no site do Terra que é putaria e acharam que fui eu: Quando sair, tem que rasgar a camisa e ficar de boa", diz um homem por telefone, após ser retrucado por uma mulher investigada: "Não tem que rasgar a camisa, não; tem que arrancar a cabeça dele" PCC decide permitir que integrantes deixem facção Meu, quem falou essa idiotice foi o site Terra que começa mais ou menos assim: "Pela primeira vez desde que surgiu nas prisões paulistas, no início da década de 1990, a organização criminosa Primeir

Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC 1533?

Houve um tempo em que eu acreditava em um mundo ideal, onde a polícia defenderia as pessoas com justiça, mas esse tempo acabou. A pesquisadora Deborah Rio Fromm Tinta  também não acredita que a força policial deva impor pela força sua autoridade… "Logo me dei conta que uma rodinha de disciplinas estava por ali também. Fiquei mais tranquila.  ...  Vários pontos de conflito que emergiram foram apaziguados graças à mediação dos disciplinas." O humorista Márcio Américo, que certa época da vida foi um assíduo frequentador do local concorda: "A polícia e a prefeitura apenas fingem ter controle do local, completamente dominado pelo Primeiro Comando da Capital (PCC), por “propaganda superficial” Deborah Rio, durante o trabalho de campo que fez em 2015 bem na conturbada Cracolândia ela acompanhou de perto a ação dos “disciplinas” do Primeiro Comando da Capital (PCC 1533) que negociaram com traficantes, usuários de drogas, jornalistas, policiais, e autoridades públicas.