"O futebol é o ópio do povo e o narcotráfico da mídia."(Millôr Fernandes)

Como se faz para entrar como membro do PCC.


Eu não concordei com o velho François-Marie Arouet ao dizer que se olharmos com os dois olhos, enxergaremos melhor: com um olho veríamos as coisas boas, com o outro as coisas ruins. Por isso, segundo ele, seria importante evitar fechar um para abrir bem o outro.

Meu velho François, leia com seus dois olhos bem abertos como se pode ingressar no Primeiro Comando e me diga: onde está o lado bom? Eu só conseguir ver o lado negro, mesmo sem ser caolho, por isso vou lhe contar o caso do irmão Cara de Bola.

Ele, que era torre do PCC e responsável pela distribuição das drogas na cidade de Indaiatuba, explicou com detalhes como se ingressa na facção, pois caiu em uma escuta ao ligar para o irmão Boquinha. Foi assim que ficamos sabendo de tudo:

Nepotismo

O irmão X tornou-se membro da facção por ser irmão de sangue do Tio, ou irmão M, um general na hierarquia do Primeiro Comando da Capital forte em em Indaiatuba, na época. Essa é uma das formas de ingresso: sendo parente de outros membros. Nem pense em reclamar que isso é nepotismo.

Indicação

Passado um tempo, o irmão X foi transferido para o Hortolândia III. Lá, o irmão Miltinho disse que havia um rapaz que queria “fechar a caminhada com a facção”, mas que, para ingressar, o garoto precisava ser indicado por dois padrinhos: um seria ele mesmo, irmão Miltinho, que pediu para que o irmão X fosse o outro.

Verificação

O irmão X pediu, então, para que o irmão Cara de Bola verificasse as caminhadas do garoto, vendo se ele realmente era do crime, se era de confiança ou se tinha algum impedimento para o batismo da facção.

Prova de fogo
O irmão Bola de Fogo, para ser batizado, jogou, durante os atentados de 2005,  uma bomba no Quinquagésimo Batalhão de Polícia Militar do Interior como prova de lealdade.


As ruas como caminho de acesso:
Um recado que não é meu é do Arnaldo Antunes e do Inquérito: "Aí moleque esquecido na quebrada, eu sou mais você que a Ana Maria Braga. Muita fé e muita luz na caminhada. Cada um por si não vai dar em nada, com menos ódio e mais amor nessa estrada."

A internet como caminho de acesso:

Acorda molecada! O Primeiro é uma organização criminosa profissional e não trocam ideias com bandinetes – o irmão Cabuloso estava falando sobre isso outro dia.
Resumindo: o caminho para ser um irmão batizado do PCC é por meio da confiança mútua entre o ingressante e os outros irmãos batizados (e depois de muito tempo de [re]conhecimento pessoal), seja pelos corres da rua ou dentro do Sistema Carcerário.

última publicação:

Os líderes comunitários, o PCC e a polícia

PCC elegendo uma liderança para o bairro Dona Celina só foi escolhida como líder da comunidade por ser evangélica e por ter sido indicad...