Pular para o conteúdo principal

Grande Dia!



Grande vitória! Dezenas de ações que estão correndo contra a cúpula do Primeiro Comando da Capital e seus principais operadores em todo o país terão que ser trancadas e até arquivadas, dependendo do caso.

O senador Flávio Bolsonaro conseguiu barrar na Justiça as ações que tiveram como base relatórios do COAF sobre movimentações financeiras:

"O PCC deve estar comemorando a decisão de Toffoli. O Coaf identificou movimentação de R$ 63 milhões, de novembro de 2005 a julho de 2007, 686 contas bancárias pertencentes a 748 pessos e empresas ligadas ao PCC." — procurador Helio Telho

É importante que as defesas de cada um dos irmãos ou aliados que estejam respondendo processos que se encaixem nessa modalidade que procurem a defesa pois o efeito não é automático.

Resgate de presos do PCC em Piraquara no Paraná.


A operação de resgate de presos na Penitenciária Estadual de Segurança Máxima de Piraquara que resultou na fuga de 28 presos e na morte de 2 outros foi uma complexa operação executada na madrugada deste domingo, 15 de Janeiro.

Com esses óbitos já são 129 presos mortos neste mês contando apenas os cinco episódios que mais repercutiram. O jornal Gazeta do Povo já está chamando esse mês de “Janeiro Negro”.

Os presos que morreram trocaram tiros com a Polícia Militar durante a fuga, com eles foram encontrados uma metralhadora Uzi 9 milímetros, colete balístico, e centenas de munições, conforme apurou o site tribuna.com.br.

Os presos da Casa de Custódia de Piraquara agitaram as galerias, enquanto a segurança era reforçada por lá, um grupo implantou bombas na área externa dos muros do Piraquara I, teriam sido duas explosões segundo foi apurado pelo site Banda B.

Mais de uma dezena de homens fortemente armados deram cobertura aguardando do lado de fora da unidade, estes ficaram abrigados próximos ao presídio abrigados em uma barraca com alimentos e bebidas até o momento da ação.

Quatro homens que participaram da operação de resgate foram presos após fazerem uma família de um haras próximo como refém, o Major Cesar do BOPE elogiou a ação da equipe de resgate declarando:

“Eles vieram para o arrebatamento bem preparados, vieram com armas de grosso calibre, com grande potencial ofensivo. Com os quatro capturados haviam três fuzis 762, duas pistolas 9mm, e dois coletes balísticos. Eles vieram preparados para a guerra mesmo.”

A unidade abrigava parte da liderança do Primeiro Comando da Capital no estado e de lá é que teria saído o “salve” para o massacre de Rondônia. Entre os fugitivos estão alguns dos líderes da facção. O site Banda B publicou a listagem completa com um pequeno histórico de cada um deles, no entanto a princípio o salveiro irmão Sumô não se encontra na listagem.

Quase ao mesmo tempo que o Brasil olhava para Piraquara dez detentos fugiam do presídio em Ibirité em Minas Gerais.

Comentários

Correspondentes: