Pular para o conteúdo principal

Gegê do Mangue condenado a 47 anos e 3 meses.


A condenação imposta a Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, não foi levado a sério por ninguém. A imprensa noticiou mas deu destaque ao escândalo do ator da Globo José Mayer. Vivemos em um mundo de sonhos e ilusões.

Isso é claro e só não vê quem não quer. A condenação de Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, prova essa triste realidade: foi feito um show para mostrar que a Justiça funciona, mas nada na rotina do Primeiro Comando da Capital.

Somos crianças que gritam. Temos razão e temos nossas próprias razões, mas nem a realidade nem o PCC estão preocupados com o que pensamos ou gritamos.

O Primeiro Comando da Capital não se abalou com a condenação, assim como Gegê do Mangue não mudou sua rotina e nem perdeu seu sono, mas as crianças sorriram ao ver sua condenação na televisão.

Sei que é desagradável falar assim, sei que muitos sensíveis defensores do Sistema Carcerário se irritarão ao ler esse texto, afinal foi um crime cruel. Gegê foi condenado por duplo homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha.

Ninguém duvida que ele tenha de fato mandado de dentro do presídio matar dois bandidos na favela do Sapé, no bairro do Rio Pequeno, Zona Oeste de São Paulo, é assim que funciona o jogo de poder dentro e fora dos presídios.

O que esse caso provou que a Justiça não funciona.

Nosso Código Penal e nosso Código de Processo Penal foram escrito por advogados para criar um mercado opressor contínuo, que criam dificuldades para depois vender facilidades em seus escritórios, são mais de um milhão de profissionais para alimentar.

Gegê do Mangue não se incomodou com a condenação pois ela apenas serviu para que o Estado diga que está trabalhando e dê uma satisfação para a sociedade, mas até quando poderão tapar o sol com a peneira?

Os líderes da facção possivelmente agradeceriam àqueles que fortalecem o seu discurso de luta contra os opressores do sistema penitenciário dando um tratamento injusto, sem regalias, apenas com respeito e regras claras.

A maioria da população é pacífica e quer apenas viver, trabalhar e estudar. O discurso do Primeiro Comando é contra a opressão desse sistema que engana a população civil e oprime a carcerária. Os criminosos com o julgamento de Gegê do Mangue novamente saem vitoriosos.

Gegê continua livre e a sociedade agora está mais sedenta de sangue, quer que os de sempre criem ainda mais dificuldades para venderem depois mais facilidades, e assim irá até um ponto de ruptura, e já vimos o que isso significa em 2006 e no Espírito Santo.

Até quando haverão mortes de pessoas de todas as classes para se manter em pé um sistema que só serve para sustentar o próprio sistema?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estatuto do Primeiro Comando da Capital PCC 1533.

VEJA TAMBÉM O ESTATUTO PCC 1997
Revisto e atualizado em 2017.
A Sintonia Final comunica a todos os irmãos que foram feitas algumas mudanças necessárias em nosso Estatuto. O PCC foi fundado em 1993. Comemoramos esta data no dia 31 de agosto de todos os anos, mas 24 anos se passaram e enfrentamos várias guerras, falsos criminosos foram desmascarados, sofremos duros golpes, fomos traídos inúmeras vezes, perdemos vários irmãos, mas graças a nossa união conseguimos superar todos os obstáculos e continuamos crescendo.

Nós revolucionamos o crime impondo respeito através da nossa união e força que o certo prevalece acima de tudo com a nossa justiça, nós formamos a lei do crime e que todos nós respeitamos e acatamos por confiar na nossa justiça.

Nossa responsabilidade se torna cada vez maior porque somos exemplos a ser seguido.


Os tempos mudaram e se fez necessário adequar o Estatuto à realidade em que vivemos hoje, mas não mudaremos de forma alguma nossos princípios básicos e nossas diretrizes,…

Como se faz para entrar como membro do PCC.

Eu não concordei com o velho François-Marie Arouet ao dizer que se olharmos com os dois olhos, enxergaremos melhor: com um olho veríamos as coisas boas, com o outro as coisas ruins. Por isso, segundo ele, seria importante evitar fechar um para abrir bem o outro.

Meu velho François, leia com seus dois olhos bem abertos como se pode ingressar no Primeiro Comando e me diga: onde está o lado bom? Eu só conseguir ver o lado negro, mesmo sem ser caolho, por isso vou lhe contar o caso do irmão Cara de Bola.

Ele, que era torre do PCC e responsável pela distribuição das drogas na cidade de Indaiatuba, explicou com detalhes como se ingressa na facção, pois caiu em uma escuta ao ligar para o irmão Boquinha. Foi assim que ficamos sabendo de tudo:

Nepotismo

O irmão X tornou-se membro da facção por ser irmão de sangue do Tio, ou irmão M, um general na hierarquia do Primeiro Comando da Capital forte em em Indaiatuba, na época. Essa é uma das formas de ingresso: sendo parente de outros membros. Nem …

Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC 1533?

Houve um tempo em que eu acreditava em um mundo ideal, onde a polícia defenderia as pessoas com justiça, mas esse tempo acabou. A pesquisadora Deborah Rio Fromm Tinta também não acredita que a força policial deva impor pela força sua autoridade…
"Logo me dei conta que uma rodinha de disciplinas estava por ali também. Fiquei mais tranquila. ... Vários pontos de conflito que emergiram foram apaziguados graças à mediação dos disciplinas." O humorista Márcio Américo, que certa época da vida foi um assíduo frequentador do local concorda:
"A polícia e a prefeitura apenas fingem ter controle do local, completamente dominado pelo Primeiro Comando da Capital (PCC), por “propaganda superficial” Deborah Rio, durante o trabalho de campo que fez em 2015 bem na conturbada Cracolândia ela acompanhou de perto a ação dos “disciplinas” do Primeiro Comando da Capital (PCC 1533) que negociaram com traficantes, usuários de drogas, jornalistas, policiais, e autoridades públicas.


Os disciplina…